Maratona Teenage Fanclub – Faltam 7 dias: matéria na Bizz em 2001

Esse texto do Fábio Bianchini em uma edição da saudosa Bizz em 2001 foi um dos melhores que já li sobre o Teenage Fanclub. Na época escaneei e agora o achei na bagunça dos meus arquivos do computador.

Pra ver em tamanho maior, clique na imagem
Há alguns dias, o Bianchini postou a versão integral do texto em seu blog comemorando os dez anos desses três shows em Londres. Aula de jornalismo de música!

Maratona Teenage Fanclub – Faltam 9 dias

Confirmados os shows do Teenage Fanclub dia 11 de maio em São Paulo e dia 12 no Rio de Janeiro, vou postar aqui durante esta semana os vídeos mais legais da banda que é a minha favorita de todos os tempos!

Aqui, trechos do show épico no Reading Festival, em 1992. Quem com mais de 30 não se lembra do especial sobre esse festival que a TV Bandeirantes passou na época? Acho que foi a primeira vez que um festival gringo passou na TV brasileira e com certeza marcou a vida de muita gente!

Vídeos da Neil Young Spring Solo Tour! DE CHORAR DE JOELHOS!

Vi o fotógrafo Otávio Sousa, – em viagem pelos Estados Unidos com a esposa, Nani Escotesguy -, comentar no Facebook sobre esse show do Neil Young em Nova York e fui fuçar trechos no YouTube.

Apenas o Neilzão no palco do Lincoln Center, vários instrumentos (pianos, guitarra com e sem drive, gaita, violão…), e o mestre brincando com cada um deles e tocando o que vinha na sua cabeça! Olha só o setlist:

My My Hey Hey (Out of the Blue)
Tell Me Why
Helpless
You Never Call
Peaceful Valley Boulevard
Love and War
Down by the River
Hitchhiker
Ohio
Sign of Love
Leia
After the Gold Rush
I Believe in You
Rumblin’
Cortez the Killer
Cinnamon Girl

Walk With Me

De chorar de joelhos! ;~~ Depois de ter visto o Neilzão com o Crazy Horse no Rock in Rio 3 não seria nada mal vê-lo novamente no Brasil, desta vez com esse show solo!

MUITO OBRIGADA, MUNDO, É POR ESSE TIPO DE COISA QUE A VIDA AINDA É BELA!

Como foi o show do N.E.R.D. no F1 Rocks, em São Paulo

F1Rocks 2010 @ Jockey Club, SP, 05/11/2010
N.E.R.D. no palco do F1 Rocks

Desde o excelente In Search Of, de 2002, acompanho o trabalho do N.E.R.D. E sou muito fã do Pharrell Williams e do Chad Hugo tanto na banda quanto no Neptunes. Simplesmente amo tudo o que eles produziram pra Britney, Justin, Gwen Stefani e Kelis. Já havia perdido as esperanças de vê-los ao vivo no Brasil depois do alarme falso de 2009, quando surgiu esse tal F1 Rocks, um festival de música que acompanha o circo da Fórmula 1.

Ainda não foi um show completo, afinal eles eram banda de abertura do Eminem e só tocaram meia hora (setlist: Everyone Nose, I Wanna JamGod Bless Us All, Hipnotize UBeautiful, Hot N’ Fun, She Wants To Move e Lap Dance). O público estava apático pois não os conhecia e só teve alguma reação quando o Pharrell cantou um pedaço de Beautiful, megahit que ele canta com o Snoop Dogg. Mas até que eles seguraram a onda e deu pra matar um pouco da vontade…

F1Rocks 2010 @ Jockey Club, SP, 05/11/2010
Gang signs, hahaha!

Como estava credenciada como imprensa pela Trip, consegui entrar no backstage e na cara de pau fui falar com o Pharrell. Disse pra ele o quanto amo o In Search Of, que é um dos meus discos favoritos dos anos 2000 (pura verdade, não era média). Ele se surpreendeu e agradeceu, foi muito querido. Fui até flagrada dando um xêro nele, vejam só! *rss Nem pra falar com o Mark Ronson e com o Alex Kapranos eu tremi tanto! ;oP

F1Rocks 2010 @ Jockey Club, SP, 05/11/2010

Não vi o show do Eminem inteiro pois eu iria discotecar na Post It na mesma noite, mas o que eu vi me surpreendeu. Pensei que ele estava caído e fosse fazer um show de má vontade por causa do temporal, mas ele mandou benzaço e deixou os fãs bem satisfeitos e emocionados. Eminem me lembra muito o Thiago Baraldi na Popscene! =)

No geral, o F1 Rocks não deu muita sorte pois caiu uma puta chuva na sexta que fez com que o primeiro show, o do Marcelo D2, demorasse 2 horas pra começar. Por pouco o festival é cancelado, de tanta água chegou até a cair um pedaço do palco. Felizmente não rolou nada grave, mas os shows tiveram que ser encurtados pois o som tinha que acabar à meia-noite.

Mas chuvas e atraso podem acontecer com qualquer evento… O que precisa acabar de uma vez são essas terríveis pistas VIP bem em frente ao palco, que deixam qualquer show mais frio. Grade é lugar de fã! Fora que com o preço que cobraram, a pista VIP, que era gigantesca, estava praticamente vazia. Enquanto isso os fãs legítimos se espremiam lá atrás e tomavam uma chuva daquelas…

A gente sabe que chiqueirinho VIP é necessário pra paparicar patrocinadores, mídia e convidados, etc e tal. Mas bora colocá-los na lateral, como no Planeta Terra, ou no fundo, como no Rock in Rio 3?

F1Rocks 2010 @ Jockey Club, SP, 05/11/2010
Pista VIP do F1 Rocks quase vazia

Volta, N.E.R.D.!

Beeshop ontem no Na Mata Café

Gosto muito do Beeshop e acho o Lucas Silveira um gênio da música pop (só o Pablo Miyazawa me entende)! Deixe os preconceitos de lado e ouça o “The Rise And Fall of Beeshop” que é um dos melhores discos de um artista brasileiro em 2010. Pena que alguns festivais nacionais ainda demonstrem esse pé atrás com o que o cara faz e não tenham escalado o projeto em seus line ups em 2010.

O show de ontem no Na Mata Café foi muito bom e a banda que o acompanha, The Little Dogfeet, é excelente. Só senti falta de um bloco com o Lucas tocando algumas músicas só ao piano, em um clima mais cabaré, como algumas músicas do disco pedem. Os arranjos épicos são bonitos mas fica tudo num clímax só, e é bacana um show construído alternando partes calmas e outras mais pesadas. Tenho muita curiosidade em ver o Beeshop em um espaço como o Teatro do Sesc da Vila Mariana, onde vi o Yann Tiersen em 2007.

Fiz algumas fotos e vídeos:

E como não eu podia ficar sem, o meu já tradicional micão da “foto ao lado do artista” pro meu amado álbum de tietagens. #tieta

Clarah Averbuck curtiu isto

Como foi o lançamento do #NewFiesta com show do Chromeo

Chromeo @ Lançamento do #NewFiesta - 01/09/2010, SP

Na última quarta-feira rolou o show exclusivo do Chromeo no festão lançamento do #NewFiesta da Ford. O vencedor do concurso aqui no blog foi o Alex Hoera. Infelizmente não pude ir no encontro dos blogueiros com a dupla, mas no Rraurl tem uma entrevista ótima com eles. O show foi muito bom, tomara que eles voltem pro Brasil o quanto antes, desta vez com a banda completa e em um evento aberto ao público. Fiz algumas fotos e vídeos na festa, veja como foi:

Set list:

Fotos:

Vídeos:

Tem mais fotos no Facebook da ação.

Sim, Madonna!!!

Cada doido com sua mania mas agora bateu uma tristeza por eu ter traído meu péssimo hábito de pensar no hoje e não no amanhã. Devia ter comprado o ingresso pro snake pit (pista vip é o c*) por 600 reais e dane-se, recuperaria em dobro depois. Show da Madonna não é todo dia, trabalho felizmente não fico sem.

Mas mesmo tendo visto de looonge da arquibancada azul no sábado não consegui me conter. Quando ela pisou no palco desabei em lágrimas. Emoção demais poder ver ao vivo um ídolo de infância. Só quem é fã de música pop e de shows como eu vai me entender…

O que foi a catarse de “Like a Prayer” ao vivo? E “Into the Groove”? E a nova versão de “Vogue”? E o final apoteótico com “Give It 2 Me”? E só mesmo uma artista muito poderosa pra não tocar seu maior hit “(“Like a Virgin”) e ninguém sair reclamando. E também não reclamaria se o show tivesse umas 4 horas porque hit não faltaria pra preencher tudo isso!

Apesar dessa pecha “assessora indie” que levo felizmente não cresci ouvindo Smiths e Jesus & Mary Chain, cresci mesmo é ouvindo Michael Jackson e Madonna. Dele foi o primeiro LP que ganhei na vida. Ela é a artista de quem mais tenho discos. E gosto de todos, até os considerados ruins, como o “American Life” e o “Hard Candy”.

Sou uma pessoa ansiosa, será que agüento esperar por uma nova tour da véia? Ainda bem que o contrato dela agora é com a Live Nation e ela vai ter que fazer mais três turnês! Na próxima eu vou no snake pit nem que seja em Londres ou Nova Iorque! \o/

Olha a situação…

E isso era com zoom na máquina…
PS: Pelo menos com o dindim que sobrou comprei algumas tranqueirinhas oficiais e o tourbook, que é lindíssimo!
PS2: E sim, foi melhor do que o show da Kylie, até então o melhor do ano pra mim! A véia estava inacreditavelmente tão simpática quanto a australiana!
Update: Sticky & Sweet Studio Versions Parte 1 e Parte 2 (tracklist nos comments abaixo).

Radiohead Alert – Consegui!!!

O site Ingresso.com liberou a venda lá pelas 22hs! Consegui fazer a compra, recebi o e-mail de confirmação (“Solicitacao de compra efetuada para Ingresso.com.br”), mas só acredito vendoooooooo!!! Os ingressos chegam a partir do dia 7 de janeiro! \o/

PS: Sinistro anunciarem a venda a partir da meia-noite e começarem algumas horas antes, hein? Ainda bem que um amigo me ligou pra avisar, quem acessar o site depois corre o risco de ficar boiando… Deve dar bafão de novo!