Circuito Cultural comemora 208 anos de independência da Colômbia com festival em São Paulo

Depois do sucesso da primeira edição em 2017, São Paulo recebe mais uma vez em julho o Circuito Cultural Colombiano para continuar mostrando ao público migrante e ao brasileiro a diversidade cultural da Colômbia e a alegria do seu povo. A grande festa conta com uma série de atrações culturais, folclóricas e gastronômicas para comemorar o mês da independência da Colômbia.

A programação estreia no sábado, 7 de julho, com exibição do documentário “Totó”, de Hector Francisco Córdoba, sobre a grande dama da música folclórica colombiana Toto La Momposina. O circuito percorre vários bares, praças e centros culturais da cidade e tem o encerramento oficial no dia 17 de agosto.

Para acompanhar diariamente a programação curta a fanpage do evento www.facebook.com/circuitoculturalcolombiano

Circuito de 2017

Leia mais neste blog: 

Anúncios

Comunidade colombiana comemora 207 anos de independência com festa em São Paulo

Quem acompanha esse blog há algum tempo sabe que aqui é quase um setorial da Colômbia! <3 E para alegria de quem também ama esse maravilhoso país vizinho, São Paulo está recebendo em julho o Circuito Cultural Colombiano com uma série de atrações culturais, folclóricas e gastronômicas para comemorar o mês da independência da Colômbia.

Um dos principais eventos será uma grande festa no Memorial da América Latina dia 22 de julho: 207 años Celebremos Nuestra Independencia, das 11h às 18h, com entrada gratuita.

A festa da independência vai contar com a participação de 16 restaurantes colombianos (!!!) com a gastronomia de diversas partes do país, além de exposição e venda de artesanato e de produtos locais. Entre os shows estão o de Victoria Saavedra, cantora colombiana que vive em São Paulo há sete anos e está lançando seu primeiro disco, “Remanso entre raízes”. Foi confirmado também o show da banda Bazurto All Stars, de Cartagena, um dos grandes destaques da champeta moderna.

No evento no Facebook os produtores estão postando informações sobre todos os restaurantes e atrações! <3

Veja também os outros eventos colombianos que estão acontecendo em São Paulo em julho pelo Circuito Cultural Colombiano:

Leia mais neste blog: 

Noche de velitas: acenda uma vela pela #paznacolômbia

colombia

Aos brasileiros que se comoveram com o amor e o respeito demonstrado por nossos irmãos colombianos depois da tragédia com a equipe do Chapecoense, fica aqui uma sugestão.

Na noite de 7 para 8 de dezembro os colombianos celebram a Noche de Velitas, que é como eles comemoram o início das festas natalinas. É uma tradição popular muito bonita, com várias explicações para sua origem (veja Wikipedia). É uma noite que eles reservam para celebrar a fé e a esperança, reunir a família e amigos e fazer pedidos para o próximo ano.

Na Colômbia eles também estão passando por um momento conturbado, com a população bem dividida entre o SIM e o NÃO no acordo pela paz. Que tal retribuirmos todo o carinho acendendo nossas velitas de terça para quarta mentalizando muito amor e desejando paz para nossos vizinhos? O ideal é que seja na ruas, na frente de casa. Podem ser velas brancas ou nas cores da bandeira do país: amarela, azul e vermelha.

noche-de-velitas

Caso queira confraternizar com outras pessoas, em São Paulo a comunidade colombiana se reúne nesses locais:

* Noche de velitas colombianas @ Paróquia do Divino Espirito Santo, na Frei Caneca – quarta às 18h
https://www.facebook.com/events/1834290793517473

* Dia de las Velitas 2016 @ Igreja Nossa Senhora da Paz, no Glicério – quarta às 18h
https://www.facebook.com/events/1038737022890516

* Día de Las Velitas @ Boteco La Gorgona, no Baixo Augusta – quarta às 19h
http://www.facebook.com/lagorgonabr

* Noche de Velitas 2016 @ BBQ Locombia, na Vila Madalena – quarta às 19h
https://www.facebook.com/events/1766698693550734

* Noche de velitas @ Sabores de Mi Tierra, em Pinheiros – quarta às 19h
https://www.facebook.com/events/701996509947662

No Rio de Janeiro:

* Luzes pela Paz da Colômbia, na Ladeira Ary Barroso, quarta às 20h https://www.facebook.com/events/657657211062894

Todas com venda de comidas e bebidas típicas da Colômbia!

Infelizmente não poderei ir pois estarei em Aracaju mas quem for depois me conte!

Leia mais: onde comer a comida colombiana em São Paulo.

Los Pirañas e Frente Cumbiero se apresentam em São Paulo

Colombia

Mario Galeano Toro

A editoria Colômbia deste blog fica muito feliz em informar que dia 28/11, sábado, tem show do Los Pirañas no Festival Música Estranha, em São Paulo. \o/ A banda se apresenta no palco no espaço Nos Trilhos, que começa às 19h30 com ingressos a 20 reais. Mais informações sobre o festival na fanpage e no evento.

E aproveitando seu período no Brasil Mario Galeano Toro se apresenta dia 19/11 na edição de 5 anos da festa Macumbia com um DJ set de seu projeto Frente Cumbiero.

O músico, produtor e professor universitário Galeano é um dos nomes mais prolíficos da atual cena colombiana e figura essencial pra quem quer conhecer a música do país. Além de integrante do Los Piranãs e do Frente Cumbiero, o bogotano integrou o Ensamble Polifónico Vallenato e é também parte do Ondatropica, que está em processo de mixagem de seu esperado segundo álbum.

O Los Pirañas é formado por Mario (no baixo), pelo guitarrista Eblis Álvarez (do Meridian Brothers) e pelo baterista Pedro Ojeda (Sidestepper, Ondatropica) e dá uma roupagem retrofuturista pra sonoridades clássicas colombianas. A banda também se apresenta no festival El Mapa de Todos, que acontece de 11 a 15 de novembro em Porto Alegre.

No DJ set do Frente Cumbiero, Mario apresenta produções próprias e suas pesquisas da música afrocolombiana e latinidades obscuras em geral. Enfim, não dá pra perder as passagens do cara pelo Brasil! ;-)

Leia outras boas entrevistas com Mario Galeano na Bomb Magazine e no El País.

lospiranas

Los Pirañas

Entrevistas em vídeo:

Los Pirañas:

Ondatrópica faz campanha pra arrecadar verba pra segundo disco

ondatropica-volume2

O primeiro disco do Ondatrópica foi pra mim um divisor de águas. Foi quando do indie e do rock em espanhol comecei a conhecer melhor a salsa e a cumbia e me apaixonei de vez pela música latina (e pela Colômbia). Os idealizadores do projeto, Mario Galeano (Frente Cumbiero) e Will Holland (Quantic), estão agora gravando o seu segundo disco e fazendo um crowdfunding no Indie GoGo pra arrecadar verbas. Porém faltam apenas seis dias para o fim da campanha e a meta não chegou ainda a 30%. Quem é fã de música latina e tiver como ajudar ou divulgar, a deusa da música agradece! O link é igg.me/at/ondatropicavol2

O disco será gravado em duas etapas: a primeira na Ilha de Providência, trabalhando com antigos músicos locais, e a outra na capital da Colômbia, Bogotá, para mostrar um lado mais futurista do trabalho do grupo. As recompensas são incríveis! E o trabalho musical do grupo, não preciso nem falar! igg.me/at/ondatropicavol2

Pra ajudar na divulgação da campanha eles lançaram hoje um vídeo ao vivo de “Descarga Trópica”, faixa do primeiro disco. O clipe foi produzido por Brian Cross B+ durante as gravações do Volume 01 nos famosos estúdios de da Discos Fuentes de #Medellín‬ em janeiro de 2012. Participaram dessa gravação Fruko, Michi Sarmiento, Freddy Colorado, Jose Miguel Vega “El Profe”, Wilson Viveros, Luis Bravo, Alfredito Linares, Fernando “Ovejo” Silva, Markitos Micolta, Quantic e Mario Galeano.

Aqui vídeo da campanha:

Pra quem nunca ouviu o primeiro disco, ele pode ser ouvido no Deezer ou no YouTube.

Ícone da nova música colombiana, Sidestepper lança novo disco, “Supernatural Love”

sidestepper2015

Depois de sete anos o Sidestepper finalmente lança um álbum de inéditas, Supernatural Love. Criado pelo mais célebre dos colombianistas, o produtor britânico Richard Blair, o grupo é pedra fundamental no resgate dos sons colombianos tradicionais e sua modernização.

sidestepper_supernaturalloveBlair trabalhava na Inglaterra no selo de Peter Gabriel, Real World, e produziu artistas como Brian Eno, o grupo Massive Attack e Nusrat Fateh Ali Khan. Chegou na Colômbia em 1992 para visitar a fabulosa cantora Totó la Momposina, com quem havia trabalhado no álbum La Candela Viva. E como qualquer pessoa em sã consciência que bota os pés naquele país, se apaixonou totalmente por sua música e acabou morando no país por um tempo. Trabalhou no disco de estreia do Aterciopelados, Con el Corazon en la Mano (1994), no icônico La Tierra del Olvido (1995), de Carlos Vives.

Com o Sidestepper, que começou em 1997 na Inglaterra como um projeto de DJ e que depois virou banda, Blair lançou cinco álbuns: Southern Star (1997), More Grip (2000), o consagrado 3AM (In Beats We Trust) (2003), Continental (2006) e The Buena Vibra Sound System (2008). Os discos chegaram a ser lançados no Brasil pela Trama e o grupo tocou em São Paulo no saudoso Free Jazz Festival de 2001, época em que eu e você estávamos mais preocupados com Strokes e Belle & Sebastian e ainda não havíamos descoberto os sons latinos. Tudo bem, faz parte. ;~~

O Sidestepper não tem formação fixa e vários músicos colombianos já participaram dele, como o produtor e compositor Iván Benavides, Kike Egurrola (baterista fodão agora com o Bomba Estéreo), Gloria “Goyo” Martínez (vocalista do ChocQuibTown) e Humberto Pernett. Para o novo disco, Blair convidou Andrea Echeverri (Aterciopelados), Elkin Robinson, Kepe Hyman, Pernett, Urián Sarmiento e Gilbert Martínez para cantar e tocar em suas canções.

Supernatural Love pode ser ouvido no Bandcamp e comprado via crowdfunding no Uonset. Abaixo no YouTube, o clipe de seu primeiro single, “Come see us play”.

Streaming do disco:

Veja abaixo entrevista com Richard Blair no documentário Que pasa Colombia.

Projeto Colombian Loops lança banco sonoro da música colombiana

colombianloops

A riqueza e diversidade musicais da Colômbia agora estão disponíveis digitalmente através de um projeto muto interessante chamado Colombian Loops. Trata-se do primeiro banco de dados com sons colombianos tradicionais que fazem parte dos maravilhosos ritmos musicais do país.

Criado pela Fundación Poliedro, o Colombian Loops é um trabalho de músicos, produtores, engenheiros e programadores colombianos e seus arquivos de loops e instrumentais poderão poderão ser comprados e utilizados por outros músicos, DJs, produtores e estúdios de TV e cinema de todo o mundo. Em sua primeira fase estão disponíveis os sons do Caribe e seus ritmos como o vallenato, puya, porro, chandé y guacherna.

O projeto está dividido quatro braços: site e loja virtual www.colombianloops.com; app para Android e IOS; instrumentos virtuais, além de comunidade virtual onde músicos poderão comercializar suas tracks. Projeto incrível que pode ser exemplo também para o Brasil!

Pra acompanhar o projeto siga a fanpage www.facebook.com/colombianloops

Conheça a cumbia gótica do grupo colombiano La MiniTK del Miedo

laminitkdelmiedo

La MiniTK del Miedo é uma das bandas da Colômbia mais interessantes e intrigantes que conheci desde que comecei a acompanhar a nova música de lá. Inventores da “cumbia gótica”, seus três integrantes não revelam seus rostos e sempre se apresentam com máscaras e roupas de couro. As músicas do trio fazem referências à tumbas, caveiras e rituais satânicos, tudo isso temperado com ritmos tropicais como a cumbia, a salsa e o merengue em roupagem trevosa. Só ouvindo pra entender esse contraste maravilhoso!

O seu primeiro disco foi “Muerte y Sabrosura”, de 2012. Prestes a lançar seu segundo evangelho, “La Trilogía de La Salvación”, o La MiniTK del Miedo divulgou seu novo single, o sinistro merengue ¡Bruja!. A banda prepara-se também para tocar dia 15 de março no Vive Latino 2015, um dos maiores festivais da América Latina.

Links: www.facebook.com/LaMinitkDelMiedo

Update: A banda lançou nesta segunda, 9 de março, o EP “La Trilogía de La Salvación” \m/

Onde comer a comida colombiana em São Paulo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Arepas nas ruas de Bogotá

Arepas nas ruas de Bogotá

Quem adora descobrir novidades gastronômicas em São Paulo já deve ter reparado que há cerca de dois anos a Capital ganhou vários restaurantes dedicados à cozinha da Colômbia. Tão rica e saborosa quanto a brasileira, a gastronomia da terra de Gabriel García Marquez tem tudo para fazer cada vez mais sucesso por aqui, assim como a peruana. Depois da Copa do Mundo o interesse pelo país aumentou, já não é mais tão raro trombar com pessoas no metrô usando camisas da seleção colombiana e nem tão difícil ver fotos no Instagram de brasileiros passando férias por lá.

A Colômbia é um belíssimo país andino, amazônico, pacífico, caribenho e com forte influência negra na costa. Peixes, frutos do mar e frutas são muito utilizados no litoral, quase todos os pratos vêm acompanhados por arroz de coco e chips de banana. Nas regiões de maior altitude, onde é necessário mais “sustança” devido ao frio, os caldos e carnes são os mais consumidos. Mas é na comida de rua que está a maior estrela da culinária colombiana, a arepa, uma massa branca de milho circular e achatada, equivalente a tapioca brasileira. A textura “borrachuda” é parecida e a massa em si não tem muito gosto, são os recheios que dão o sabor, geralmente queijo, frango, carne e chorizo.

Limonada de Coco

Limonada de coco de Cartagena

Outros pratos bem famosos são a bandeja paisa (uma espécie de virado à paulista, típico de Medellín), lechona (leitão assado, típico de Tolima), sancocho (uma espécie de cozido da região de Cali), patacones (massa frita de banana) e o meu favorito, o ajiaco santafereño, uma espécia de sopa turbinada que leva frango, milho, batata, arroz e abacate. Só de lembrar já salivei aqui! ;-)

O café da manhã colombiano é uma perdição à parte. Ele conta com arepas, buñuelos, almojábanas, queijos, frios, ovos, sucos, o saboroso caldo de costela e, claro, o café colombiano, considerado o melhor do mundo atualmente. Não sou muito de doces então não fui muito atrás, mas os mais conhecidos estão as obleas e o arequipe. Já de sucos eu sou muito fã e a Colômbia é muito rica em frutas então eu me fartei e experimentava vários por dias. Não deixe de experimentar o suco de lulo e a famosa limonada de coco. Para beber experimente também a tradicional aguapanela, um tipo de “chá de rapadura”, que ajuda a combater os efeitos da altitude, o chá de coca, e o meu refrigerante favorito por lá, o Postobon de maçã. Entre as bebidas alcoólicas, o canelazo é uma deliciosa versão da aguapanela “batizada” de aguardente colombiano e canela. As cervejas mais conhecidas são a Club Colombia (roja, rubia e negra), a Poker e a Aguila.

Sabores de mi tierra, em Pinheiros

Sabores de mi tierra, em Pinheiros

Se depois de todas essas descrições você ficou morrendo de vontade, segue aqui uma listinha dos melhores lugares para se comer comida colombiana em São Paulo, – todos comandados por legítimos colombianos. Se estiver faltando algum me avise nos comentários que eu acrescento! ;-)

1) Sabores de mi tierra O simpático e descontraído lugar que deu origem a onda colombiana em São Paulo. Comandado por Magdalena Torres, nascida em Chaparral, é especializado em arepas e patacones mas volta e meia fazem eventos especiais nos quais apresentam diversos pratos e até o desayuno colombiano. Fica num trecho escondido da Rua Lisboa, em frente ao Instituto Göethe, mas é lugar pra passar horas experimentando de tudo um pouco! Os preços são bem convidativos. Rua Lisboa, 971 – Pinheiros – Telefone: (11) 3083´-3114.

2) Guanahaní O bar e restaurante criado pela colombiana Pupi Lopes tem um perfil um pouco mais sofisticado e privilegia a culinária da costa colombiana. Experimente o ceviche cartagenero. Lá é possível encontrar o suco de lulo! Os drinks de lá também são excelentes. Rua Joaquim Antunes, 391 – Pinheiros – Telefone: (11) 3060-9169. // Update: o restaurante encerrou os seus serviços em 2016. ;-(

3) Maíz Arepas – Ainda em Pinheiros é possível experimentar várias comidas de rua latinoamericanas, como as arepas, tacos, empanadas a preços acessíveis. O restaurante é do premiado chef colombiano Dagoberto Torres, também dono do excelente Suri e sobrinho de Magdalena, do Sabores de mi tierra. Rua Mateus Grou, 472 – Pinheiros – Telefone: (11) 3034-6551.

4) Macondo Raízes Colombianas – O Macondo é um projeto do chef colombiano Jair Abril Rojas para divulgar a culinária de seu país. Suas especialidades são as arepas e patacones. Ele tem participado de feiras gastronômicas e latinas pela cidade. Pra saber onde ele vai estar na semana é só ficar de olho na fanpage. Atualmente estão no Calçadão Urbanóide, na Rua Augusta, 1291 (perto do Ibotirama).

5) Locombia – O Locombia é um trailer dedicado à comida de rua, especialmente as carnes e o delicioso churrasco de costela, além do arepamburguer. Também comandado por colombianos, circulam por várias feirinhas gastronômicas da Capital e promovem eventos com comidas típicas. Fique de olho na fanpage.

6) Rich Burger – Segredinho da Barra Funda, é um quilo tradicional durante a semana que aos sábados oferece almoços tipicamente colombianos. O simpático restaurante de Patricia Escobar oferece ajiaco, sancocho de costilla, bandeja paisa, arroz com camarões em uma tarde com música latina com preços de bairro. Ligue para saber o cardápio do sábado! Rua Barra Funda, 636 – Barra Funda – Telefone: (11) 3825-4980. // Update: infelizmente o restaurante fechou :-(

7) Boteco La Gorgona – Inaugurado em março no Baixo Augusta e mais uma prova de que a comida colombiana está conquistando de vez o paladar do paulistano! O bar criado por um grupo de amigos colombianos promete ter um ponto de encontro para quem procura uma boa bebida, petiscos tradicionais do país e uma conversa descontraída ao som de boa música. Os preços são bem honestos e a trilha de música colombiana moderna é deliciosa. Adorei o sancocho! Rua São Miguel, 22 – Baixo Augusta (travessa da Frei Caneca próxima ao shopping).

8) Café Colombiano – Lá é possível degustar o saboroso café colombiano e vários pratos locais. Na Unidade I servem refeições todos os dias e aos sábados um delicioso buffet por quilo com pratos típicos colombianos. A Unidade II é somente cafeteria com doces e salgados, café, sucos e arepas. Unidade I – Oficina Oswald de Andrade – Rua Três Rios, 363, Bom Retiro. Telefone: (11) 3224-0697; Unidade II – Armazém do Campo – Alameda Eduardo Prado, 499, Campos Elíseos – Telefone: (11) 3333-0652.

9) Restaurante Los Rolos – O novíssimo restaurante, desta vez no Centro, traz o legítimo PF colombiano, sempre acompanhado por uma boa fatia de abacate. No cardápio também constam patacones e o caldo de costilla. Rua Guaianazes, 70 – Campos Elíseos (próximo ao Riconcito Peruano).

10) La Obleas – Bike food que vende a oblea, doce típico colombiano. Trata-se de dois discos de wafer rechados generosamente com dolce de leite (ou aqui no Brasil, com Nutella, leite condensado ou brigadeiro). A bike que participa de eventos por São Paulo é da mesma família do Locombia.

Leia mais: meu post sobre a viagem para Cartagena de Índias

Systema Solar faz ode a pescadores da Colômbia em clipe de “Yo voy ganao”

systemasolar_yovoyganao

Ilustração: Ródez (ilustração parte do encarte de ‘La revancha del burro’)

Os colombianos do Systema Solar lançaram hoje pelo site da Vice Colômbia o clipe de “Yo voy ganao”, faixa de seu segundo disco, “La revancha del burro”, de 2013. No vídeo fazem uma homenagem a cultura da pesca tradicional, atualmente ameaçada pela indústria do turismo do Caribe colombiano. O clipe contou com a participação de moradores do povoado de Taganga, próximo a bela Santa Marta, cidade mais antiga da Colômbia.

Duvido você não ficar com o refrão na cabeça: “Huy! Yo salgo es a buscá mi Mojarra frita, Camarón, Chipi Chipi y mi Caldero de Arroz, Yo Voy Ganao”. ♥

O Systema Solar fez o melhor show que eu vi esse ano, uma espetacular apresentação para poucas pessoas em uma festa Calefação Tropicaos que rolou no dia 23 de maio. Foi o terceiro show que vi deles, sempre um melhor do que o outro. Pra quem não ouviu  som deles aqui, aqui vai La revancha del burro na íntegra.

Links: https://www.facebook.com/systemasolar // http://www.systemasolar.com

Invasão colombiana na Virada Cultural 2014

Nem nos meus melhores sonhos latinos eu poderia imaginar que veria três das melhores bandas da Colômbia de graça, no mesmo final de semana e a poucos metros da minha casa. A Virada Cultural confirmou nada menos do que Bomba Estéreo, Systema Solar e ChocQuibTown em sua programação deste ano. As três já se apresentaram no Brasil mas delas só vi Systema, em um show fantástico ano passado no coreto da Praça da República, no Mês da Cultura Independente.

Veja os horários e palcos dos shows e os clipes mais recentes de cada uma delas:

Imagem

Systema Solar @ Palco Barão de Limeira – 17/05, sábado, 00h00

Imagem

Bomba Estéreo @ Palco Barão de Limeira – 18/05, domingo, 02h

Imagem

ChocQuibTown @ Sesc Pompéia – 17/05, sábado, 00h00; 18/05, domingo, 18h

Se eu fosse você não perderia a chance de ver de perto o que de mais fresco acontece atualmente na música latina.

Sites: Systema Solar http://www.systemasolar.com // Bomba Estéreo http://www.bombaestereo.com // ChocQuibTown http://www.chocquibtown.com

Os sites e blogs mais legais pra conhecer música latina

bombaestereo

Bomba Estéreo, da Colômbia

Se você é apaixonado por bandas e artistas que cantam em espanhol, fica de olho nesses sites, blogs e podcasts, que são ótimas fontes de pesquisa.

Sites/blogs

Yo No Hablo – Mais focado em bandas, o site brasileiro mostra um bom panorama da cena atual na América Latina.

Latinidade – Constantemente atualizado, o blog é brasileiro fala de música pop latina em geral.

Mescla Cultural – O blog é brasileiro e está parado há alguns meses, mas ainda dá pra fuçar boas dicas por lá.

Senhor F – O clássico Senhor F, além de mostrar várias pérolas obscuras da música latina, ainda produz o festival iberoamericano El Mapa de Todos, que acontece em Porto Alegre.

Gente que viene a mi casa – Tumblr da rede independente Si no puedo bailar.

Loco por ti – Portal brasileiro sobre cultura latinoamericana.

El Guia Latino – Não é um site necessariamente de música, mas cobre tudo o que acontece em relação a cultura latina no Brasil.

Escena Indie – O site colombiano fala da cena indie em geral e é uma excelente fonte pra conhecer as bandas novas do país.

POTQ – Site chileno especializado em indie rock.

NNM – Outro site indie chileno.

Alt.Latino – O NPR Music, meu site de música favorito, conta com um blog especializado em bandas latinas.

Sounds and Colours – Excelente site norteamericano produzido por aficcionados por música da América do Sul.

Amo descubrir canciones – Blog indie muito legal feito por dois argentinos.

Club Fonograma – Blog de indie pop iberoamericano.

Zona indie – Blog que divulga a cena independente de Buenos Aires e região.

Rock en las Americas – Blog sobre bandas hispânicas.

Cortesia de la casa – Blog bogotano que cobre a cena latinoamericana.

Remezcla – Site norteamericano que cobre a cultura independente latina.

89 decibeles – Site sobre a cena rock alternativa da Costa Rica.

Indie Hoy – Site argentino de cultura jovem e independente.

#ComparteMúsica – Blog espanhol especializado em cobertura de eventos musicais.

Dance to the radio – Blog sobre música latina independente criado na Costa Rica

Podcasts/rádios/programas

Cambio – Apresentado pelo jornalista Marcus Losanoff, o podcast quinzenal é também vai ao ar pela Radio Cocoa (Equador) e apresenta o melhor do novo rock e pop iberoamericano.

Panamérika – Programa de rádio/site de música latina produzido pela Red Bul..

Radiónica – A Senal Colômbia, rádio pública colombiana, tem uma emissora de música jovem. Dá pra ouvir pelo site ou pelo TuneIn.

Deezer – O serviço de streaming agora tem uma opção de descobertas pela América do Sul.

Comando Latino – Programa todas as sextas ao vivo às 21h falando sobre cultura latina na AllTV.

Conhece algum site, blog ou podcast bacanas pra indicar? Deixe aqui nos comentários. ;-)