O produtor britânico Quantic anuncia o lançamento de novo álbum, "Magnetica"

Ê, coisa boa começar o dia com a notícia de que um de seus produtores favoritos vai lançar um novo disco! Depois de parcerias inesquecíveis com o Combo Barbaro, Alice Russell, Frente Cumbiero e o Ondatrópica, o britânico Will Holland, aka Quantic, anunciou hoje o lançamento de Magnetic, seu primeiro disco solo desde 2006 (quando lançou An Announcement To Answer).

Trabalho “solo” é mania de dizer pois, como sempre, o produtor sempre traz uma seleção incrível de convidados, como a própria Alice Russell, Shinehead, Nidia Góngora (a fantástica cantora colombiana do Ondatrópica), Dereb The Ambassador, Anibal Velásquez e a brasileira Thalma De Freitas. 
O primeiro single é “Duvidó”, que conta com a participação da angolana Pongolove. O álbum Magnetic sai no dia 5 de maio pela Tru Thoughts.
O trabalho do Quantic foi o que me despertou para toda a riqueza da música colombiana. De lá pra cá fiquei obcecada com o país, cheguei a ir pra lá no ano passado e ainda penso em morar lá um tempo. Eu o entrevistei pro site da Trip em 2012, quando ele esteve em São Paulo para discotecar, leiam! ;-)

"Que Pasa Colombia": webdocumentário mostra a nova cena musical colombiana

Já que eu virei setorista de Colômbia, aqui vai mais um registro que prova que o país é a bola da vez de quem realmente se interessa por música.

Dirigido Olivier Hoffschir e Thomas Petitberghien, o documentário “Que Pasa Colombia”, que estreou dia 18 de abril na internet, é uma produção francesa que mostra a cena musical atual colombiana, de Bogotá a Medellín, passando por Cali e Barranquilla.

São mostrados bandas e artistas locais como Bomba Estéreo, Freaky Colectivo, Pernett, Frente Cumbiero, Kartel Pacífico, Monsieur Periné e Systema Solar, além de dois britânicos que adotaram o país como segundo lar e divulgam sua música pelo mundo, como Will Holland (o Quantic) e Richard Blair (do Sidestepper).

No site e no Tumblr do filme é possível ver fotos, links e vídeos das bandas entrevistadas e notas de produção. www.quepasacolombia.fr e http://quepasacolombia.tumblr.com

Dá pra ver o webdoc aqui, que tem apenas 33 minutos. O filme é em espanhol com legendas em francês mas dá pra entender tudo perfeitamente. ♥

Que Pasa Colombia – Webdocumentaire (VOST FR) from Que Pasa Colombia on Vimeo.

Meus discos favoritos de 2012

Fiz a minha lista de discos favoritos de 2012. Pra mim não teve pra ninguém, o álbum “Look Around The Corner”, colaboração do produtor inglês Quantic com a cantora inglesa Alice Russell e o grupo colombiano Combo Barbaro, me arrebatou desde a primeira vez em que o ouvi! Um verdadeiro presente pros ouvidos e pra alma, uma declaração total de amor pela música negra e latina. Entre os discos brasileiros, a melhor surpresa do ano foi o “Claridão”, disco do Silva, que também não saiu do meu mp3 player desde o seu lançamento. 

Não vou falar de um por um senão acabo não postando nunca a lista, mas quem me segue no Twitter e Facebook já deve ter me visto martelando sobre vários desses discos. *rs A lista ainda pode sofrer alguns acréscimos até o final do ano pois ainda vou (re)ouvir alguns, mas esses foram com certeza os que eu mais ouvi e gostei até agora.  ;-)
  1. Quantic & Alice Russell with The Combo BarbaroLook Around The Corner
  2. Tame ImpalaLonerism 
  3. David Byrne and St. VincentLove This Giant 
  4. SilvaClaridão 
  5. Banda UóMotel
  6. Marina & the DiamondsElectra Heart 
  7. DexysOne Day I’m Going to Soar 
  8. OndatropicaOndatropica
  9. SupercordasA Mágica Deriva dos Elefantes 
  10. Edward Sharpe And The Magnetic Zeros – Here
  11. CuruminArrocha 
  12. Jack WhiteBlunderbuss 
  13. LightshipsElectric Cables 
  14. Melody GardotThe Absence 
  15. Patti SmithBanga 
  16. Django DjangoDjango Django 
  17. Paul WellerSonik Kicks 
  18. Bomba EstereoElegancia Tropical
  19. Melody’s Echo Chamber –  Melody’s Echo Chamber
  20. Michael KiwanukaHome Again
  21. Anita Tijoux La Bala
(Psssiu, não contem pra ninguém, mas subi os discos aqui no Dropbox! Corram, pois vou deletar daqui a alguns dias.)

Performance ao vivo de Quantic + Alice Russell + Combo Barbaro. De tirar o fôlego! O olhar dos músicos de “estou participando de uma coisa incrível” é nítido no vídeo! ;”)

E os seus discos favoritos de 2012, quais foram?

Ondatrópica: Quantic e sua interminável onda tropical



Dois dos discos que mais gostei esse ano têm os dedos do Quantic (o incansável Will Holland, inglês que mora na Colômbia desde 2007). Um é “Look Around The Corner”, com a cantora de soul britânica Alice Russell, do qual já falei algumas vezes no Twitter e no Facebook. O outro é esse com o músico colombiano Mario Galeano e o seu Frente Cumbiero, o Ondatrópica.

Pra resumir de um jeito bem preguiçoso, o disco está sendo chamado de “O Buena Vista Social Clube da Colômbia”, reunindo jovens e lendários músicos do país dando uma roupagem atual pra ritmos como a cumbia, a salsa, porro, currulao e chirimia. O disco estreou em #2 nos charts de World Music do UK e recebeu uma crítica super elogiosa no New York Times de um show que fizeram em NYC.

Conheço muito pouco de música latina, mas uma coisa leva a outra, e eu fiquei apaixonadíssima pela cena musical da Colômbia e com muita vontade de passar as férias de final de ano por lá. Infelizmente a gente sempre precisa de um gringo pra mostrar o que está ao nosso lado, precisamos parar com essa superioridade e começarmos a prestar mais atenção em nossos hermanos. ♥

Tem link pra baixar o disco no Exystence. Já adianto que o único problema dele é correr o risco de pagar mico dançandinho no ponto de ônibus ou no metrô. Pois é, sou dessas! ;-)

Abaixo, um vídeo em espanhol sobre o processo de gravação do disco, “Suena”, uma de minhas favoritas, e algumas apresentações ao vivo do Ondatrópica.

O bacana é que no dia 28 de setembro o Quantic vem discotecar na festa do Só Pedrada Musical no Estúdio Emme. Vamos aguardar e torcer pra que ele toque por aqui um dia também com o Combo Barbaro ou o Ondatrópica! ;-)

O disco Ondatrópica está à venda no site da Soundway Records.

Leia mais: No Globo saiu recentemente uma entrevista com Galeano