Jay-Z e Kanye West lançam música com sample de Otis Redding no ano do 70º aniversário do soulman

Foi divulgada na internet mais uma música do álbum que reúne Jay-Z e Kayne West, Watch the Throne. “Otis” conta com sample de nada menos que uma das melhores músicas de todos os tempos, “Try a Little Tenderness”, de Otis Redding.

Essa homenagem da dupla de ouro do hip hop norte-americano não poderia vir em melhor hora! No dia 9 de setembro, o cantor de soul nascido no estado da Geórgia comemoraria seus 70 anos se estivesse vivo. Uma série de eventos está sendo programada nos Estados Unidos pra comemorar o aniversário do grande artista que infelizmente nos deixou muito, muito cedo, com apenas 26 anos, em um acidente de avião no dia 10 de dezembro de 1967. Já estava mais do que na hora de rolar um resgate da obra desse cantor sem igual até hoje no mundo. Parabéns e obrigada, Jay-Z e Kanye West!

A fanpage mantida pela família de Otis Redding é excelente, está sempre atualizada. Lá dá pra acompanhar todas as homenagens que vão rolar: www.facebook.com/OtisReddingOfficialPage

Watch The Throne será lançado no dia 1º de agosto e também terá música com sample de Curtis Mayfield, “The Joy”. Nada, nada mal! Pra ouvir “Otis”, a música de Jay-Z e Kanye West, é só acessar o hot site do single: www.watchthethrone.com/otis

Veja aqui a última apresentação ao vivo de “Try a Little Tenderness”, um dia antes da morte de Otis. ;~~

PS: Pra quem quiser conhecer um pouco mais da vida de Otis Redding e da gravadora Stax/Volt, recomendo que assistam ao excelente documentário “Respect Yourself: The Stax Records Story”. Não deve ser difícil achá-lo nos torrents da vida.

Update 11/08/2011: Saiu o clipe de “Otis”, dirigido pelo Spike Jonze.

As damas do Quarteirão do Soul de Belo Horizonte

Foto: Allyson Souza (www.flickr.com/allysonh)

Muito legal esse documentário sobre as damas do soul de Belo Horizonte que o Marcos Oliveira postou em seu Facebook. Vi que elas dançavam no Quarteirão do Soul, um encontro de pessoas pra escutar black music e dançar em uma das ruas do centro de BH todos os sábados. Tem também um doc sobre isso.

Pena que, pelo que li aqui, moradores incomodados com a diversão reclamaram e a Prefeitura proibiu a brincadeira. Alguém de BH sabe em que pé está atualmente?

As Damas do Soul

Quarteirão do Soul

Saiu o novo clipe das catalãs do The Pepper Pots, "Wanna Blindly Trust In You"

Volta e meia falo delas por aqui, as catalãs do The Pepper Pots são um dos ótimos nomes da soul music produzida na Espanha. Pois é, existe uma cena soul bem interessante por lá, você pode ler mais a respeito no Coletivo Action.

“Wanna blindly trust in you” é uma das faixas de seu quarto álbum, “Train to your lover”, que também está sendo lançado hoje! Lindas, carismáticas, estilosas e talentosas, vai ser uma injustiça inexplicável se o girl group não fizer mais sucesso pelo mundo. Veja o clipe abaixo:

Elenco de "The Commitments", de Alan Parker, comemora 20 anos do filme com reunion tour

The Commitments em 1991

“The Commitments – Loucos Pela Fama”, ao lado de “Os Irmãos Cara de Pau” e “Tina – What’s Love Got To Do With It” foram os filmes que fizeram com que eu me apaixonasse pela soul music na adolescência. O primeiro este ano comemora 20 anos de existência e o seu elenco vem se reunindo ao longo deste ano para comemorar!

Verdadeiro patrimônio cultural da Irlanda, eles fizeram em março uma reunion tour pelo país e apareceram na mídia local para divulgar. Veja abaixo trechos de alguns shows e de suas aparições na TV:

Não participaram da turnê o ator Johnny Murphy (o Joey “The Lips” Fagan”) e a melhor das três vocalistas, Maria Doyle Kennedy (Natalie Murphy), que está com problemas de saúde. De todo o elenco, ela é uma das poucas que ainda têm uma carreira fora da Irlanda, com aparições em “The Tudors” e “Dexter”.

Andrew Strong, o talentoso e marrento vocalista Deco Cuffie, ainda é um cantor de sucesso na Irlanda. E  guitarrista ruivo Glen Hansard (Outspan Foster) mantém uma bem sucedida carreira como músico com o projeto The Swell Season, que ganhou um Oscar de Melhor Canção em 2008 com “Once”, do filme “Apenas Uma Vez”. Em agosto do ano passado ele se apresentou no Brasil.

The Commitments em 2011

Por incrível que pareça o filme só saiu em DVD no Brasil em 2009, em uma edição bem pobrinha, sem encarte e nenhum extra, mas que já se esgotou. Quem sabe com os 20 anos do filme lancem por aqui a edição dupla especial que saiu no exterior! #Oremos

Laura Vane & The Vipertones lançam clipe de "Capsize"

Da geração retro soul dos anos 2000, a banda meio inglesa, meio holandesa Laura Vane & The Vipertones não é uma das mais conhecidas, mas com certeza merece sua atenção, pois além do som ser bem funky e dançante, sua vocalista é uma das mais talentosas de sua época. Ela já cantou com Gnarls Barkley e participou de “OMG”, faixa do mais recente álbum do rapper inglês Mike Skinner, conhecido como The Streets.

Mas o motivo deste post é que no dia 15 de abril os Vipertones lançam o seu segundo álbum, “Sugar Fix”, e já lançaram no YouTube o clipe do seu primeiro single, “Capsize”. Veja abaixo:

Esta é a capa de “Sugar Fix”, com Laura Vane atacando de pin up:

Pra quem não se lembra, eles estão na minha última mixtape (eu sei, eu sei, já está mais do que na hora de eu fazer outra!) com a deliciosa “Am I Dreaming”.

Raphael Saadiq lança novo vídeo, "Radio"

O cantor, compositor e produtor norte-americano Raphael Saadiq lançou hoje na internet o vídeo de “Radio”, primeiro single de seu próximo álbum, “Stone Rollin'”. O single vai estar à venda no iTunes dia 11 de janeiro. A canção é bem na linha soul old school, com um pezinho no rock n’ roll e no garage rock.
Veja o clipe:
A tracklist do álbum é essa:
1. Heart Attack
2. Go To Hell
3. Radio
4. Over You
5. Stone Rollin’
6. Day Dreams
7. Moving Down The Line
8. Just Don’t
9. Good Man 
10. The Answer
Comecei a prestar mais atenção no Saadiq com o seu terceiro álbum, “The Way I See It”, de 2008. Gostei tanto do disco que acabei comprando o DVD importado “Raphael Saadiq: Live from the Artists Den”, que é muito bom! 
Apesar dele ter sido produtor da Joss Stone, D’Angelo, Kelis, TLC, Mary J. Blige, John Legend e vários outros artistas de R&B, ele não é tão conhecido no Brasil quanto merece. Vale dar uma chance ao talento do cara! ;-)

As novas vozes femininas da soul music

Desde o fenômeno Amy Winehouse, surgiram no mapa vários artistas que revisitam o soul e o funk old school, pra alegria dos fãs da música negra que, como eu, não suportam o R&B pasteurizado que levou nos anos 90 o rótulo de “neo soul”.

Entre as cantoras, a mais conhecida é Sharon Jones, que “emprestou” sua banda, a Dap Kings, pra Amy gravar o estupendo “Back to Black”. Mas há várias outras artistas bem interessantes, principalmente na Austrália, e até na Espanha. Ouça nos vídeos e links abaixo:

Mayka Edjo (The Sweet Vandals) (Espanha)

The Pepper Pots (Espanha)

Alice Russell (UK)

Randa & The Soul Kingdom (Austrália)

Costumo tocar algumas delas em meus sets na Make Me Up e principalmente na Soul Glow, que volta dia 18 de junho na Casa Taiguara. ;-)