Systema Solar faz ode a pescadores da Colômbia em clipe de “Yo voy ganao”

systemasolar_yovoyganao

Ilustração: Ródez (ilustração parte do encarte de ‘La revancha del burro’)

Os colombianos do Systema Solar lançaram hoje pelo site da Vice Colômbia o clipe de “Yo voy ganao”, faixa de seu segundo disco, “La revancha del burro”, de 2013. No vídeo fazem uma homenagem a cultura da pesca tradicional, atualmente ameaçada pela indústria do turismo do Caribe colombiano. O clipe contou com a participação de moradores do povoado de Taganga, próximo a bela Santa Marta, cidade mais antiga da Colômbia.

Duvido você não ficar com o refrão na cabeça: “Huy! Yo salgo es a buscá mi Mojarra frita, Camarón, Chipi Chipi y mi Caldero de Arroz, Yo Voy Ganao”. ♥

O Systema Solar fez o melhor show que eu vi esse ano, uma espetacular apresentação para poucas pessoas em uma festa Calefação Tropicaos que rolou no dia 23 de maio. Foi o terceiro show que vi deles, sempre um melhor do que o outro. Pra quem não ouviu  som deles aqui, aqui vai La revancha del burro na íntegra.

Links: https://www.facebook.com/systemasolar // http://www.systemasolar.com

Arctic Monkeys por Katy B e Katy B por Arctic Monkeys

Todos ficaram passados com a arrasante versão R&B que a Katy B fez de “One for the road”, do Arctic Monkeys, no BBC Radio 1 Live Lounge.

Lembram que em 2012 o Arctic Monkeys fez uma versão de “On a Mission”, do primeiro disco da Kátia B?

Ela mandou bem melhor na homenagem, não?! ;-)

Menina Kate que, por sinal, está prestes a conquistar seu primeiro álbum #1 nos charts britânicos. A ruivinha de 24 anos é uma das cantoras britânicas mais talentosas de sua geração e merece fazer mais sucesso não só no UK mas em todo o mundo. Vai, Kate! ♥

O trabalho solo de Emma Pollock (The Delgados)

Outro dia tirei do fundo da estante o Pelloton e o The Great Eastern, álbuns do Delgados, uma das minhas bandas favoritas mas que infelizmente encerrou suas atividades em 2005, e fui pesquisar o que os seus ex-integrantes andam fazendo. Fui parar no trabalho solo da guitarrista e vocalista Emma Pollock. Ela tem dois discos, “Watch the Fireworks” (2007) e “The Law of Large Numbers” (2010), que são tão lindos que não dá pra entender como não tiveram uma repercussão maior. 

Em setembro ela sai em turnê pelo Reino Unido e lança um split-EP com o violonista escocês RM Hubbert.  O trabalho sai pelo selo Chemikal Underground, que tem Emma como uma de suas sócias-fundadoras. Já dá pra ouvir algumas no player:

E aqui os clipes solo da Emma Pollock:

Eta país maravilhoso que é a Escócia! ♥

Links: www.emmapollock.com
www.twitter.com/emmaspollock

Artistas barbudinhos incríveis que parecem ter saído dos anos 70

Inspirada pelos documentários sobre o Queen e o Troubadours que vi esta semana no In-Edit comecei a ouvir artistas atuais com sonoridades 70’s e fui parar nesses barbudinhos super talentosos que parecem ter saído dos bares e  festivais antigos da California.

Bryan Scary

O Hector baixou outro dia no RCRDLBL e me passou achando que eu iria gostar. Acertou! Ontem baixei o disco inteiro e me encantei de vez. Antes ele assinava como Bryan Scary and the Shredding Tears e para este álbum novo, “Daffy’s Elixir”, arrecadou grana através do Kickstarter. Elton John, opera rock, Queen, Bee Gees, ELO, Beatles psicodélico e rock progressivo estão entre suas influências.

Site: www.bryanscary.com

Alex Ebert (Edward Sharpe & The Magnetic Zeros)

No Alex Ebert só fui prestar atenção depois de seu lindo primeiro disco solo, “Alexander”, que saiu no ano passado. Só depois fui conhecer melhor o trabalho do Edward Sharpe & The Magnetic Zeros, que acaba de lançar o seu segundo disco,“Here”. Hippie até dizer chega, as apresentações da banda ao vivo levantam o astral de qualquer pessoa depressiva. ♥ Destaque também pra fofa Jade Castrinos, que tem uma voz linda!

Robert Ellis


Fuçando nas atrações do Bonnaroo deste ano encontrei esse novo artista na melhor tradição singer-songwriter  tão bem retratada no doc Troubadours. Essa belezinha é do Texas e tem dois discos, “The Great Re Arranger” (2009) e “Photographs” (2011), que baixei e adorei.


The Avett Brothers


Esses lindos da Carolina do Norte já são veteranos, mais de dez anos de carreira, mas só os conheci agora, também fuçando nas atrações do Bonnaroo (depois vi que eles se apresentaram com o Bob Dylan e o Mumfors & Sons no Grammy 2011). O seu sétimo álbum está previsto pra esse ano, com produção de Rick Rubin.

Contagem regressiva Franz Ferdinand em SP: banda apresenta quatro músicas novas na Irlanda

Como costumo fazer no blog quando bandas pelas quais sou histérica vêm ao Brasil vou fazer uma contagem regressiva  Franz Ferdinand até o show do domingão com posts diários! ;-)

O Franz está fazendo shows em três cidades da Irlanda (Galway na sexta, ontem em Limerick e hoje em Cork), e já começaram a tocar músicas do disco novo previsto pra esse ano. Felizmente tenho um amigo morando no país, o Rogério Brandão, e ele gravou essas as novas canções tocadas num pub na cidade de Limerick, algumas ainda sem o nome correto confirmado. Vejam só:

E aqui, um trechinho de “I Feel Love”, em homenagem a Donna Summer! ♥

O show do Franz Ferdinand em São Paulo, você sabe, é domingo que vem, dia 27 de maio, dentro do Festival Cultura Inglesa e é totalmente grátis. O Franz está previsto pras 18h30, mas chegue cedo pra garantir o seu lugar pois além de ter outras boas bandas, chegando a lotação máxima (20 mil pessoas) os portões são fechados!
Setlist do show em Galway
Franz, vem quente que estamos fervendo!!! \o/

Mayer Hawthorne lança segundo álbum, "How Do You Do", e o clipe de "The Walk"


Mayer Hawthorne lançou ontem a versão digital do seu esperado segundo álbum, How Do You Do, que já seguiu direto para o Top10 do iTunes. Teremos aí a versão masculina e americana de Adele e da Amy (artista blue-eyed soul que faz um sucesso estrondoso no segundo álbum)? Tomara que sim pois ele merece um reconhecimento maior. Quem não se lembra de seus ótimos shows no Brasil no começo do ano?
O disco ainda não foi lançado no Brasil mas já circula por aí por vias extra-oficiais (ou no Grooveshark). Só ouvi duas vezes na íntegra mas já adianto que gostei bastante, tanto quanto do primeiro, A Strange Arrangement! Esse novo álbum deixa um pouco de lado o doo wop e vai mais fundo no soul e funk 60’s e 70’s. Também dá pra sentir uma bela influência do Steely Dan.

Hoje ele lançou no YouTube o vídeo para “The Walk”, onde encarna uma versão do filme Sr. e Sra. Smith.  A gata do clipe é Taylor Cole, da série The Event. Apreciem:

The Walk

www.facebook.com/MayerHawthorne